Benefícios do exercício no pós-parto

AS MULHERES QUE SE EXERCITAM DURANTE O PERÍODO PÓS PARTO RECUPERAM QUASE AO DOBRO DA RAPIDEZ EM TERMOS DE APTIDÃO FÍSICA E ESTABILIDADE EMOCIONAL, BEM COMO NO DOMÍNIO DAS NOVAS CAPACIDADES QUE LHES SÃO EXIGIDAS, COMPARATIVAMENTE ÀS QUE NÃO SE EXERCITAM NESTE PERÍODO.

NESTE PERÍODO A LITERATURA REVISTA INDICA QUE AS MULHERES QUE RETOMAM A PRÁTICA DE EXERCÍCIO NO PERÍODO PÓS PARTO CONSEGUEM PERDER ALGUMA GORDURA CORPORAL COM MAIOR RAPIDEZ. O EXERCÍCIO PODE TAMBÉM SER UM ÓPTIMO MEIO NO COMBATE ÀS DORES LOMBO-PÉLVICAS QUE AINDA PERSISTAM ASSIM COMO ALGUMAS DORES ARTICULARES. QUANDO PRESCRITO CORRECTAMENTE, É UM EXCELENTE ALIADO NA CORRECÇÃO DE DESEQUILÍBRIOS MUSCULARES CAUSADOS DURANTE O PERÍODO DA GRAVIDEZ MESMO EM ALGUMAS POSTURAS ADOPTADAS NO PÓS PARTO (EX.: AMAMENTAÇÃO) CONTRIBUINDO PARA UMA MELHORIA POSTURAL. PODE AINDA SER UMA FORMA DE SOCIALIZAR E PARTILHAR EXPERIÊNCIAS COM OUTRAS RECÉM MAMÃS.

NA MINHA OPINIÃO COMO PROFISSIONAL, ALÉM DO REFERIDO, HÁ NECESSIDADE DE ENCARAR TAMBÉM ESTE PERÍODO COMO O IDEAL PARA RETOMAR OU INICIAR O TREINO DOS MÚSCULOS DO PAVIMENTO PÉLVICO, INTEGRADO OU NÃO, NUM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS DE RESISTÊNCIA MUSCULAR, AJUDANDO NA PREVENÇÃO DE FUTURAS DISFUNÇÕES URINÁRIAS/FECAIS E NA “REESTRUTURAÇÃO” DA ZONA GENITAL FEMININA. É NORMALMENTE UM ASSUNTO “TABU” PARA AS RECÉM MAMÃS, MAS DEVERIA COMEÇAR A SER ENCARADO COMO PRIMORDIAL PARA O BEM-ESTAR FÍSICO E EMOCIONAL DA MÃE/MULHER.

YourGYM Online